Os painéis azulejares da Estação de Arco de Baúlhe

Este slideshow necessita de JavaScript.


Os painéis azulejares que se encontram dispersos por várias estações ferroviárias de norte a sul de Portugal são, sem dúvida, um inquestionável património que interessa divulgar e preservar.
Vulgarmente designada como “azulejaria ferroviária”, a sua colocação foi sendo feita num período de pouco mais de trinta anos, durante a primeira metade do século XX, e parece coincidir “com uma época de crise ou menor valia da utilização do azulejo”(1).
Também a estação de Arco de Baúlhe é valorizada pela existência de painéis azulejares, os quais se enquadram perfeitamente com os restantes elementos da estação.
Quer no exterior, quer no interior da estação, algumas composições azulejares com padrões policromados embelezam o espaço, sendo que no interior pode observar-se ainda algumas composições de esquemas geométricos. Também as instalações sanitárias são decoradas com belos azulejos.
Os painéis azulejares que se encontram na estação foram produzidos por A. Lopes na fábrica de loiça Sant’Anna, em Lisboa, em 1940, tal como se pode ler na inscrição que se encontra na fachada poente do edifício da estação.

(FC)

(1) Rafael Salinas Calado; Pedro Vieira de Almeida – Aspectos Azulejares na Arquitectura Ferroviária Portuguesa. Lisboa: CP – Caminhos de Ferro Portugueses EP, 2001.

Esta entrada foi publicada em Descobrindo as colecções com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s